Especialização em Neurociência Clínica

Duração:
360 horas (18 meses) + TCC

Mensalidade:
Parcela mensal: R$ 248,00
(valor já com 20% de desconto para ex-alunos ou colaboradores de organizações conveniadas e seus parentes diretos).

Parcela mensal: R$ 279,00
(valor já com 10% de desconto para os demais alunos para pagamentos efetuados até o dia 10 de cada mês).

Nome do Coordenador:
Fábio Torres Cunha

Email do Coordenador:
fabio_biologo@yahoo.com.br

Telefone do Coordenador:
(81) 9.8821-7411 (também para Whatsapp)

CATEGORIA:
Especialização

A neurociência reúne diferentes disciplinas que se dedicam ao estudo do sistema nervoso central, tanto no que diz respeito ao seu funcionamento normal quanto ao patológico. Ela é essencialmente interdisciplinar e envolve diversas áreas do conhecimento, o que a torna particularmente complexa para o ensino e treinamento. Partindo das disciplinas de neuroanatomia e neurofisiologia, procura-se correlacionar diversas disciplinas que explicam o comportamento, a cognição e as emoções, dentre elas: neuroinformática, neuropsicologia, psicofarmacologia, neuropsiquiatria, etc. A neurociência compreende o estudo do controle neural das funções vegetativas, sensoriais e motoras; dos comportamentos de locomoção, reprodução e alimentação; e dos mecanismos da atenção, memória, aprendizagem, emoção, linguagem e comunicação. Este curso tem como característica primordial a interdisciplinaridade, sendo projetado no sentido de preparar profissionais não apenas para o setor acadêmico, mas para setores de aplicação (hospitais, laboratórios, indústrias farmacêuticas e computacionais, área de recursos humanos, jornalismo, economia, empreendedorismo). O principal objetivo deste curso é preparar os alunos com abordagens inovadoras para aplicarem seus conhecimentos sobre como as funções cerebrais podem comandar e influenciar o comportamento cotidiano, a tomada de decisões, a aprendizagem, o desempenho em tarefas específicas e estratégias. A meta é atender tanto a uma demanda acadêmica de profissionais preparados para se engajarem na carreira científica com uma bagagem significativa, mas também oferecer ao mercado um profissional capaz de atuar nas diferentes áreas empresariais e de saúde.

PÚBLICO ALVO

  • Psicólogos clínicos
  • Médicos psiquiatras
  • Médicos neurologistas
  • Fisioterapeutas
  • Terapeutas ocupacionais
  • Neuropsicólogos
  • Psicopedagogos
  • Psicanalistas

PRINCIPAIS DIFERENCIAIS

  • Estrutura curricular atualizada, abrangendo as disciplinas necessárias para uma visão atual e inovadora aplicada à neurociência clínica
  • Primeira Pós-Graduação do estado de Pernambuco nesta linha de pesquisa
    • Abordagem de diferentes dimensões:

– Participativa

– Pedagógica

– Da Qualidade Educacional

– Das Pessoas e da Formação dos Professores

– Da Comunicação Organizacional

  • Corpo docente composto por mestres e doutores
    • Instalações modernas, amplas e confortáveis, com:

– Biblioteca informatizada e espaços individualizados ou em grupo

– Salas de aula climatizadas e com recursos multimídia

– 20% de desconto para funcionários de empresas conveniadas

– Excelente localização, fácil acesso e amplo estacionamento.

 

É facultado à Instituição o adiamento do início das aulas, caso até a data prevista para o início a turma ainda não tenha atingido o número mínimo de 20 (vinte) alunos(as) matriculados(as).
 

FILTRO:
Escolher outro curso

MERCADO DE TRABALHO

A neurociência, como campo interdisciplinar de disciplinas básicas e aplicadas, oferece ao profissional uma ampla oportunidade de escolha no que tange ao campo de trabalho. Profissionais das neurociências no Brasil iniciaram o trabalho em hospitais, mas o campo foi se ampliando para outras locais. Atualmente, o trabalho do profissional que atua em neurociência clínica é requisitado para avaliação tanto de transtornos do desenvolvimento quanto dos problemas associados a lesões ou disfunções, envelhecimento e outros. O neurocientista pode trabalhar também na área escolar, na avaliação de dificuldades e no melhoramento cognitivo na escola, por exemplo, em funções executivas em pré-escolares e escolares. É possível trabalhar em equipes hospitalares, em diversas unidades clínicas, como por exemplo, neurologia ou UTIs, ou equipes cirúrgicas, por exemplo fazendo avaliação de pacientes pré e pós-cirurgicos com epilepsia refratária. É possível trabalhar em clínicas de reabilitação planejando, avaliando e intervindo em pacientes com disfunções cognitivas, como linguagem e memória. Fonoaudiólogos com formação em neuropsicologia, por exemplo, ampliam a compreensão dos transtornos associados à linguagem e às intervenções possíveis.

RAMOS DE ATUAÇÃO

  • Neurocientista chefe de departamento de pesquisas de órgãos públicos e privados
  • Diretor de instituto de pesquisas em neurologia
  • Psicólogo clínico e áreas afins relacionadas ao campo das neurociências

Cargos Relacionados

  • Diretor
  • Pesquisador-chefe

Média Salarial

  • De R$ 2.500,00 a R$ 3.500,00